Enquadrado pela estratégia nacional, de levantamento das medidas de confinamento, no âmbito do combate à pandemia da COVID-19, o CEPRA vai retomar a formação presencial da maioria das turmas dos cursos de Aprendizagem e de Qualificação Inicial, a partir do dia 18 de maio.

Apesar disso, o acesso às instalações está reservado, fundamentalmente, aos trabalhadores integrados em trabalho presencial, aos formandos e formadores dos cursos a decorrer em modo presencial, de acordo com o calendário da formação.

Para outras pessoas, recomenda-se o contacto telefónico prévio, para assegurar que há possibilidade de aceder às instalações, nomeadamente para atendimento presencial, sendo que terão de dispor de máscara adequada.

No caso da prestação de serviços, a sua realização será igualmente retomada, mas sujeita a uma análise ainda mais personalizada do que habitualmente, no que se refere às condições de desenvolvimento.

Este retomar da atividade presencial tem associado um conjunto de medidas de segurança e prevenção que tem como objetivo assegurar a proteção da saúde e segurança de todos os envolvidos e está permanentemente sujeito a avaliação/adaptação.